Roma Antiga em dose dupla

A Ira das Fúrias, de Steven Saylor, e S.P.Q.R. – Uma História da Roma Antiga, de Mary Beard, são duas obras recentemente lançadas pela Bertrand relacionadas com a Roma. A primeira é mais um romance protagonizado por Giordano, o Descobridor, funcionando como prequela da série Roma Sub Rosa. Já S.P.Q.R. narra a ascensão de uma pequena aldeia no centro da Itália a capital de uma civilização.

capa_a-ira-das-furiasA Ira das Fúrias – Steven Saylor
«No ano de 88 a.C., o mundo inteiro parece estar em guerra. No Ocidente, os estados italianos rebelam-se contra Roma; no Oriente, Mitrídates marcha, conquistando as províncias asiáticas romanas. Até mesmo em Alexandria, que continua relativamente calma, um golpe de estado levou ao poder um novo faraó, instalando o caos nas ruas.
O jovem Gordiano espera, com Bethesda, o fim do caos em Alexandria, mas recebe uma mensagem cifrada do seu antigo tutor e amigo, Antípatro. Agora em Éfeso, como membro da comitiva de Mitrídates, Antípatro está convencido de que a sua vida se encontra em perigo iminente.
Para o salvar, Gordiano concebe um esquema ousado e astuto para se pôr “atrás das fileiras dos inimigos” e deixar Antípatro em segurança – porém, poderosas forças mortais têm os seus próprios planos para Gordiano. Não sabendo bem se ele próprio é um decisor ou um peão, o jovem terá de desvendar o mistério oculto na mensagem para se poder salvar a si e à pessoa que lhe é mais querida.»

978-972-25-3294-5_SPQRUma História de Roma – Mary Beard
«Roma Antiga era uma cidade imponente até para os padrões modernos, uma metrópole imperial com mais de um milhão de habitantes, uma mistura de luxo e de lixo, de liberdade e de escravatura, de respeito e guerra civil. Foi o centro de poder de um império que se estendia da Península Ibérica à Síria.
S.P.Q.R. (“o Senado e Povo de Roma”) narra a ascensão inédita de uma pequena aldeia no centro da Itália, a capital de uma civilização que, dois mil anos depois, ainda molda muitas das nossas conceções de poder, cidadania, responsabilidade e beleza. Questiona a forma como pensamos os romanos e explora o modo como os romanos se viam a si mesmos: como lidavam com o terrorismo e com a revolução, como encaravam as migrações e a mobilidade social e como inventaram um novo conceito de cidadania e de nação. É uma história surpreendente, eloquente e incontornável de Roma Antiga.»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s