Primeiras breves impressões sobre “Peregrino”, de Terry Hayes (Topseller)

imageFalta pouco mais de um mês (26 de outubro) para chegar às livrarias, numa edição Topseller, um dos livros que até hoje mais gozo, e luta, me deu traduzir: Peregrino (am Pilgrim no original), um volumoso thriller de espionagem com um enredo bem montado e inúmeros saltos no tempo e geográficos que acabam por justificar em pleno todas as muitas páginas da obra. Curiosamente, o núcleo da ação centra-se essencialmente em Bodrum, na Turquia, terra muito em voga na atualidade pelos piores motivos.
O autor, Terry Hayes, que veio do cinema, como se nota nesta obra “cinematográfica”, sai-se bem nesta empreitada, socorrendo-se de duas excelentes personagens, o Peregrino (o bom) e o Sarraceno (o mau), que ao longo da obra vão percorrendo os seus caminhos, cada um o seu, mas sempre interligados. Pelo meio, várias outras histórias se vão cruzando, direta ou indiretamente, acrescentando vivacidade, marcando o ritmo.
Voltarei, daqui a uns dias, a escrever sobre Peregrino, e de forma mais detalhada, para analisar o romance e até, em parte, o processo de tradução.
Para já, uma curiosidade: neste verão, numa passagem minha pelo Douro, ao entrar numa quinta turística em Provesende, deparei-me, pousadas na mesa da sala comum, com as edições inglesa e holandesa da obra. Curioso com a coincidência, perguntei ao responsável como foram ali parar. Resposta: ficaram esquecidas, deixadas por hóspedes em semanas sucessivas. Nunca pensei, confesso, que fosse ali reencontrar o Peregrino que me acompanhara, pouco tempo antes, ao longo de largas semanas de trabalho.image

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s