Novidades Editoriais de Abril (VIII)

gra-sereiaaA Sereia Muçulmana – João Céu e Silva (Gradiva)
«O que resta a um homem que ao acordar percebe que já não compreende o mundo em que vive? Um homem que não quer fazer parte de uma família sem presente; a quem custa viver numa sociedade em crise e não se revê nas suas memórias…
Só lhe resta procurar o seu destino e apostar na solidão e na imaginação que todos os homens ainda têm dentro de si, mesmo quando tudo parece sem sentido. Esta é a história de um homem que quer viver num país diferente e que é obrigado a partir para o encontrar.»

pre-TBTea-Bag – O Sorriso da Esperança – Henning Mankell (Presença)
«Jesper Humlin é um conceituado poeta sueco que está a passar por uma fase algo caótica da sua vida pessoal e, para cúmulo, o seu editor, intima-o a escrever um policial, género que o poeta despreza. Um dia, Jesper vai dar uma série de palestras na zona de Gotemburgo e entra em contacto com uma comunidade de imigrantes ilegais. Mas são três jovens, em particular, que o irão marcar profundamente e inspirá-lo para uma nova aventura literária – Tea-Bag, uma refugiada nigeriana, Leila, oriunda do Irão, e Tania, uma jovem da Europa de Leste. Cada uma delas traz consigo uma história de vida, a fuga à opressão e o anseio pela liberdade, uma voz que deseja ser ouvida e que faz nascer em Jesper a vontade de a dar a conhecer ao mundo.»

Capa O Primeiro MaridoO Primeiro Marido – Laura Dave (Topseller)
«Annie Adams está a alguns dias de celebrar o seu 32.º aniversário e pensa que encontrou, finalmente, a felicidade. Jornalista, escreve uma coluna semanal sobre viagens e passa a vida a explorar os lugares mais exóticos e interessantes do mundo. Vive em Los Angeles com Nick, o namorado com quem já pensa casar, numa relação aparentemente feliz que já conta com cinco anos. Quando Nick chega um dia a casa e a informa de que, “segundo a terapeuta”, talvez precisem de “um tempo”, Annie fica destroçada.
Perdida num turbilhão de sentimentos, Annie acaba por conhecer Griffin, um charmoso chef, que de imediato a conquista. E em apenas três meses, Annie dá por si casada e a reconstruir a sua vida numa zona rural do Massachusetts. Mas quando Nick lhe pede uma segunda oportunidade, Annie fica dividida entre o seu marido e o homem com quem ela sente que deveria ter casado.»

ver-matildeOs Irmãos de Matilde – Maria Teresa Maia Gonzalez (ilustrações de Catarina Correia Marques) (Verbo)
«Os Irmãos de Matilde conta a história de uma menina em cuidados paliativos, da sua família e dos seus cuidadores. Um livro comovente e extremamente ternurento. Um livro com pássaro dentro. Recomendado a partir dos 6 anos.
“Gostei de conhecer a Matilde, sobretudo por causa das suas gargalhadas (…) Quero agradecer à Matilde (e por ela a Deus) pelo que aprendi com ela, ou seja: é possível viver intensamente, com muita qualidade, de uma forma saudável, até ao fim. (…) A vida aqui na Terra é um tempo e uma força de gratidão.”Do prefácio de Frei Hermínio Araújo, Presidente da Fundação DOMUS FRATERNITAS.»

Capa Ever After High 2Ever After High: Quem é Mais Rebelde do que Eu? (Booksmile)
«Espelho meu, espelho meu… Quem é mais rebelde do que eu? O Dia da Sucessão, o dia em que os alunos de Ever After High juram seguir as pisadas dos seus pais, já terminou, e todos andam numa azáfama! Raven Queen, a filha da Bruxa Má, pôs em risco todas as histórias.
Para Apple White, a filha da Branca de Neve, as escolhas de Raven podem querer dizer que ela nunca virá a comer a maçã envenenada ou que nunca irá governar um reino. Apple White é apoiada pela Realeza, constituída por aqueles que juraram ser fiéis à sua história e cumprir o destino que lhes foi traçado. Com Raven estão os Rebeldes, que querem libertar-se das amarras do destino e traçar o seu próprio caminho.
O que ninguém esperava era que Realeza e Rebeldes tivessem de pôr de lado as suas diferenças e juntar forças para conseguirem salvar Maddie, que no meio de todo o caos e rivalidades se viu num sarilho que pode acabar com todos os Felizes para Sempre.»

CapaSenna.PEQA Paixão de Sena – Rui Pelejão (Oficina do Livro)
«Repleto de episódios de bastidores divertidos e polémicos, A Paixão de Senna é, simultaneamente, uma viagem à história do desporto mais perigoso do mundo e um retrato de um ícone do século XX.
No dia 1 de maio de 1994, antes da partida para o Grande Prémio de São Marino, em Imola, o piloto brasileiro Ayrton Senna, referindo-se à perigosíssima curva de Tamburello, dizia: “Ali, se houver um problema, só me resta fazer o sinal da cruz.”
Estas terríveis palavras soariam como uma premonição. Poucos minutos depois, o seu Williams-Renault despistava-se a quase 300 km/h naquela mesma curva. A morte em directo de Ayrton Senna, vista por mais de 700 milhões de telespectadores, marcou para sempre a F1 e uma geração inteira de adeptos.
Este livro relata pormenorizadamente a carreira do piloto, desde os tempos do karting até aos duelos com o rival Alain Prost, e revela o seu lado profundamente humano, com as suas contradições, a sua espiritualidade, os seus amores, as suas aventuras e, também, a sua relação com Portugal.»

el-poderJogos de Poder – Paulo Pena (Esfera dos Livros)
«“Hoje, enquanto escrevo, em fevereiro de 2014, é sem surpresa que se continuam a anunciar prejuízos na banca. O BCP lidera a lista, com 740 milhões, perdidos em 2013. Atrás vêm a Caixa Geral de Depósitos (-575,8 milhões de euros), o BES (-517,6 milhões de euros) e o Banif (-470,3 milhões). A LUSA fez as contas: a banca portuguesa perdeu 4,56 milhões de euros por dia, todos os dias, em 2013. Apenas o BPI e o luso-espanhol Santander-Totta registaram lucros. Os bancos portugueses tornaram-se zombies. Incapazes de cumprir o seu papel – fornecer crédito à economia – são um peso para o Estado, que os suporta, direta ou indiretamente, com o dinheiro dos contribuintes, ou com recursos que deixaram de ser canalizados para a atividade produtiva.”
Baseado numa investigação inédita, Jogos de Poder conta a verdadeira história da crise bancária portuguesa. Ao longo dos últimos anos, a banca portuguesa apostou tudo no setor da construção e no imobiliário, e viveu dos negócios garantidos pelo Estado. Com o crash de Wall Street em 2009 e os seus efeitos devastadores numa Europa sem poder de reação, o sistema financeiro nacional foi incapaz de enfrentar a crise anunciada. Quando o crédito se tornou escasso e a confiança caiu a pique, no limiar da falência, os bancos não tiveram outra solução senão serem resgatados.
O número é impressionante: o financiamento do Banco Central Europeu aos bancos portugueses, no valor de 50 mil milhões de euros, em 2013 é a fonte mais significativa da sua liquidez. Sem a ajuda do Estado o que aconteceria aos bancos? Como chegámos até aqui? O jornalista Paulo Pena conta-nos os bastidores desta guerra de poder e como alguns dos banqueiros que marcaram a última década, aos comandos do sistema bancário nacional, estão agora acusados pela Justiça. Alguns caíram em desgraça, outros lutam pela sobrevivência. Da luta pelo controlo do Banco Comercial Português aos off-shores do Banco Privado Português, das fintas do Banco Português de Negócios aos reguladores, à promiscuidade entre política e negócios. Dos empréstimos ruinosos da Caixa Geral de Depósitos a acionistas de outros bancos, aos negócios do Banco Espírito Santo. De Lisboa a Reiquiavique, Islândia, passando por Bruxelas e Frankfurt, este é o relato de uma crise sem fim à vista. A nossa.»

el-jessicaDo Primeiro Quilómetro à Maratona – Jéssica Augusto (Esfera dos Livros)
«“As provas, para profissionais e abertas ao público em geral, multiplicaram-se, e os paredões, estradas, matas e parques encheram-se de pessoas de sapatilhas que correm pelo prazer de correr. Para alguém como eu, que há anos dedica a sua vida à corrida, nada me enche mais de orgulho, porque sei que isso não será apenas positivo para a modalidade, traduzir-se-á também numa melhoria a vários níveis da saúde física e psíquica dos portugueses.”
Neste completo e prático manual do corredor, a atleta medalhada Jéssica Augusto explica-lhe tudo o que precisa de saber sobre corridas, quer esteja a dar os primeiros passos no paredão ou a preparar-se para correr a maratona:
– Escolha as sapatilhas certas de acordo com as características da sua passada
– Conheça os exercícios para aprender a controlar a respiração durante a corrida
– Equipamento ideal e os gadgets essenciais para potencializar a sua corrida
– O que comer antes e depois dos treinos e das corridas
– Erros que não deve cometer durante as provas
– Como manter a motivação: tenha uma cabeça de campeão.
– Truques para combater as dores e incómodos comuns durante as provas
– Conheça os exercícios de aquecimento e alongamento mais adequados
– Planos de treino para passar da caminhada às corridas, para corridas de 5, 10, 15 quilómetros, para se preparar para a meia-maratona ou para a grande prova: a maratona.
Um livro essencial, onde Jéssica Augusto partilha não só episódios da sua vida de atleta profissional, como também o seu conhecimento e saber para que sejam cada vez mais os corredores em Portugal. Boas corridas!»

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s