Novidades Editoriais de Março (III)

pre-modO Escândalo Modigliani – Ken Follet (Presença)
«O Escândalo Modigliani foi publicado pela primeira vez em 1976. Apesar de ser uma das primeiras obras de Ken Follett, evidencia já a sua mestria como contador de histórias. É um thriller com um ritmo trepidante e um enredo surpreendente, mas é também uma sátira ao universo dos marchands, das galerias e do mercado de arte.
Quando Dee Sleign, uma jovem formada em História de Arte a passar o verão em Paris, se depara com a pista de um Modigliani desconhecido que o pintor terá oferecido a um amigo, comunica a sua descoberta ao tio, Charles Lampeth, dono de uma conceituada galeria de arte em Londres e que de imediato contrata um detetive para descobrir o quadro. Dee parte então para Itália atrás das pistas que tem, desconhecendo que uma série de outras pessoas vão no seu encalce, na esperança de encontrarem o quadro antes dela.»

Elixir_ImortalidadeO Elixir da Imortalidade – Gabi Gleichmann (Bertrand)
Um romance apaixonante que se estende por mil anos na história da Europa, desde a Lisboa de 1140 até à Oslo dos nossos dias, protagonizado pela família Espinosa.
Desde o século XI que a família Espinosa tem vindo a passar de pai para filho um manuscrito secreto que contém o segredo da imortalidade. Agora, passadas 36 gerações, o último descendente desta longa e ilustre cadeia, Ari Espinosa, não tem um filho a quem passá-lo. É no leito de morte que começa a escrever a sua narrativa, na esperança de salvar a família do esquecimento.
As duas grandes fontes de Ari para a história da sua família são uma arca cheia de documentos amarelos, herdada do avô, e as histórias do tio Fernando, que em criança o encantaram e ao irmão Sasha. Falavam do envolvimento dos Espinosas em alguns dos mais importantes acontecimentos culturais europeus e eram intercaladas com narrativas de tirania, criatividade e revolta social: o Portugal medieval, a Espanha de Torquemada, a Amesterdão de Rembrandt, a Revolução Francesa, a Viena de Freud e os horrores das duas Grandes Guerras.
O Elixir da Imortalidade é um misto de verdade e ficção que reescreve a história da Europa através de narrativas cheias de humor, imaginação, escândalo e tragédia e que vêm a reforçar a ideia de que «a única coisa que pode dar a imortalidade aos humanos nesta terra é a sua capacidade de recordar.»
14 de março

pre-bemalHalf Bad – Entre o Bem e o Mal – Sally Green (Presença)
«Na Inglaterra dos nossos dias, bruxos e humanos vivem aparentemente integrados. Na realidade, os bruxos têm a sua própria sociedade secreta, as suas regras e a sua guerra, que divide os Bruxos Brancos, considerados «bons», e os Bruxos Negros, odiados e perseguidos pelos Brancos. O herói, Nathan, é filho de uma Bruxa Branca e de um Bruxo Negro e, portanto, considerado perigoso. Nathan é constantemente vigiado pelo Conselho dos Bruxos Brancos desde que nasceu e aos 16 anos é encarcerado e treinado para matar. Mas Nathan sabe que tem de fugir antes de completar 17 anos e a sua determinação é inabalável.
Half Bad é o romance de estreia de Sally Green e o primeiro volume de uma nova trilogia do género fantástico aguardado por todo o mundo com grande expectativa.»

PrintCidades da Noite Vermelha – William S. Burroughs (Quetzal)
«Um viciado em ópio perde-se na selva; homens fazem guerra a um império de mutantes; um jovem e belo pirata confronta-se com a sua execução; e a população mundial está infetada por uma epidemia radioativa. Estas histórias ligam-se através de uma narrativa maior de mutilação e caos.
Cidades da Noite Vermelha, publicado em 1981, marca uma nova etapa na escrita de William S. Burroughs, que desenvolve aqui a sua poética plástica, recorrendo à incorporação de variadíssimos níveis de linguagem e diferentes meios de expressão artística, como a pintura ou a música.
A ação desenvolve-se em dois planos, fazendo-nos navegar entre o século XVIII, em que a atuação de um grupo de piratas se rege pelos «Artigos» do capitão James Mission (que antecederam em cem anos os princípios da Revolução Francesa), e o século XX, em que um detetive investiga o desaparecimento e a morte ritual de um rapaz.
Em Cidades da Noite Vermelha, William S. Burroughs satiriza duramente as sociedades modernas, através de uma história de sexo, drogas, doença e aventura.»
21 de março

País de AbrilPaís de Abril – Uma Antologia – Manuel Alegre (Dom Quixote)
«
Neste livro estão reunidos os poemas de Manuel Alegre que previram e anunciaram a Revolução de Abril. Poemas que falam de Abril antes de Abril e de Maio antes de Maio.
Em O Canto e as Armas, escrito em 1967, há aqueles quatro versos de «Poemarma» que, decerto, anunciam o primeiro comunicado da Revolução:

Que o poema seja microfone e fale
uma noite destas de repente às três e tal
para que a lua estoire e o sono estale
e a gente acorde finalmente em Portugal.
»
25 de março

aa-vidroO Vidro – Luís Quintais (Assírio & Alvim)
«Visitando, com grande fulgor, alguns dos lugares paradigmáticos na poesia do autor, O Vidro faz alusão a fragmentos de Anna Calvi, António Damásio, Edmond Jabès, Fernando Pessoa, Martin Amis e T.S. Eliot.
“Haverá biografia? Quando tinha seis ou sete anos, por aí, lançava bolas a uma parede, batia-as violentamente com uma raquete empenada, batia-as desalmadamente. As bolas voltavam a mim, agressivas, rápidas, capazes de me matar, não fosse eu hábil no desvio do momento que em mim se antecipava como uma voz que já não reconheço nem escuto. O demónio virá como uma bola de ténis quebrando o vidro da biografia. Milimetricamente, recordo-me. Por duas vezes não era uma bola de ténis, mas balas à procura de uma vítima, eu próprio, sentado no muro fronteiro à casa. Quero ainda quebrar o vidro. Vou quebrá-lo. Vou quebrar esta mão do lembrar.”»

pe-caseiraGRA Comida Caseira de Ramsay – Gordon Ramsay (Porto Editora)
Esta obra propõe mais de 120 receitas muito simples. Quem o salienta é o autor, que considera que “a comida caseira tem de ser rápida, e tem de ser deliciosa”.
Por outro lado, o livro procura ajudar a recuperar o prazer de cozinhar e de partilhar com a família e os amigos o melhor da comida caseira, desde os pequenos-almoços quotidianos aos jantares de sábado.
Mas Ramsay adverte: “se pensa que isso não é para si, está muito enganado: vou ajudá-lo a preparar pratos magníficos. Só precisa das receitas deste livro”. A crítica corrobora. O jornal britânico Daily Mail, por exemplo, considera que o livro é “Uma inesperada lufada de ar fresco” e que, com ele, Gordon Ramsay “deixou de lado o grande aparato e regressou aos princípios básicos”.
Comida Caseira é a segunda obra de Gordon Ramsay publicada pela Porto Editora, depois de Cozinha sem limites (2013).»

Chakall_capa pequena10 por 10 – Chakall (Oficina do Livro)
«Para esta época acelerada e de poupança, tempo é dinheiro mais do que nunca. Com a sua habitual criatividade e humor, o chef Chakall propõe-lhe um conjunto de receitas rápidas e pouco dispendiosas.
É o resultado de um trabalho em que a arte do improviso e a vontade de confeccionar pratos com o que sobra de outras refeições se juntam numa combinação eficaz, económica e surpreendente.
Por menos de 10 euros e em menos de 10 minutos, cozinhe estes pratos deliciosos e
imaginativos para a família e para os amigos – e saboreie a vida em boa companhia.
Comece a cozinhar sem gastar muito tempo e dinheiro!»

capa_MetodoTappingO Método Tapping – Nick Ortner (Pergaminho)
«Um sistema inovador para uma vida sem stresse.
O Método Tapping, também conhecido como EFT, é uma técnica de desbloqueio emocional que ajuda a melhorar diversos aspetos da vida. Através desta técnica, consegue-se resolver problemas e conflitos causados por bloqueios energéticos a nível mental, emocional e físico.
Este método foi já usado com milhares de pacientes em todo o mundo para tratar problemas desde a ansiedade, a dor crónica, a dependência até à obesidade e o stresse. O tapping é muito simples de aprender e de pôr em prática: pode ser aprendido em apenas alguns minutos, ser praticado em qualquer lado e muitas vezes produz resultados imediatos.
Esta técnica revolucionária funciona com base nos princípios da acupunctura tradicional, combinados com os ensinamentos da Psicologia moderna, a EFT trabalha sobre os meridianos específicos, concentrando-se ao mesmo tempo nas emoções ou nos sentimentos negativos. Recorrendo ainda a afirmações, o tapping ajuda o sistema nervoso a reequilibrar os níveis energéticos do corpo e a gerar reações emocionais e físicas mais saudáveis.
Através de exercícios, instruções e explicações claras e acessíveis, O Método Tapping ajuda a ultrapassar quaisquer problemas oriundos de bloqueios emocionais e energéticos, e ter uma vida mais saudável e positiva.»

O Bando das Cavernas 7O Bando das Cavernas: A Lua é um Queijo – Nuno Caravela (Booksmile)
«Aqui está o n.º 7 desta divertida coleção, 100% portuguesa, que continua a provocar gargalhadas pré-históricas nos leitores mais novos! Uma coleção composta por livros vindos dos confins dos tempos, recheados de aventuras. Tocha, Ruby, Menir, Kromeleque, Tzick e Sabre. Eles são um grupo muito especial de amigos que nasceram da fértil imaginação de Nuno Caravela, autor dos textos e ilustrações.
Nesta nova aventura, o teu Bando preferido decide ir até à Lua para provar se ela é, ou não, um queijo. Será que vão conseguir ultrapassar obstáculos como o beijo real da Rã-inha, as partidas dos Guerreiros Engraçadinhos ou as picadas das terríveis formigas-migalhedo, que picam como migalhas de pão esquecidas à noite na cama? Junta-te a eles e vem descobrir a que sabe a Lua! A diversão e a aventura estão garantidas. Junta-te ao Bando!»

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s