Viaje com Paul Theroux e Paul Bowles à boleia da Quetzal

qtz-fantasmaqtz-viagensPaul Theroux e Paul Bowles, dois grandes nomes da literatura de viagens, reforçaram no início de julho o catálogo de viagens da Quetzal. Do primeiro foi editado Comboio-Fantasma para o Oriente e do segundo Viagens, que inaugura uma série na Quetzal dedicada a Bowles.

Comboio-Fantasma para o Oriente – Paul Theroux
«Trinta anos depois de ter escrito O Grande Bazar Ferroviário (publicado pela Quetzal na sequência de O Velho Expresso da Patagónia), Paul Theroux revisita os lugares da sua grande viagem pela Ásia – e encontra um mundo em mudança acelerada. A viagem deste livro reconstitui um mapa prodigioso: o da antiga União Soviética, percorrendo a Geórgia ou o Azerbaijão, visitando o escritor e prémio Nobel Orhan Pamuk na Turquia, sobrevivendo ao comboio transiberiano, respirando o pó nas estradas do Paquistão até chegar à índia e, depois, à Tailândia, à Birmânia e ao Laos, antes de cruzar as rotas da China para chegar ao Japão.
Esse trajeto é literário, pessoal e um exemplo superior de reportagem sobre as mudanças que recolocaram a Ásia no nosso mundo. Mais do que isso, é um roteiro devorado pela curiosidade, pela paixão da viagem e do conhecimento – e pela inspiração que atravessa os livros de Paul Theroux como uma ventania de beleza e disponibilidade, dialogando com todos os lugares que vai conhecendo.
Comboio-Fantasma para o Oriente confirma o lugar de Paul Theroux como o mais talentoso e criativo “escritor de viagens” do nosso tempo.»

Viagens – Paul Bowles
«Entre a majestosa solidão do Saara e a tranquilidade doméstica da ilha tropical no Ceilão – propriedade extravagante e selvagem que manteve durante alguns anos na costa de Weligama –, Paul Bowles percorreu incessantemente os caminhos do globo.
Uma curiosidade inesgotável por todas as paisagens humanas e a atração por dois tipos antitéticos de paisagem geográfica, o deserto e a floresta tropical, alimentaram um fluxo constante de viagens, em que Bowles alternou a deslocação com a permanência.
Paul Bowles é um dos grandes viajantes eruditos do século XX, e o seu legado – musical e literário – sedimenta, em toda a sua originalidade, sofisticação e versatilidade, o património cultural universal. Viagens, livro inédito, reúne os relatos de mais de quarenta anos de deambulações pela Europa, África, América Central e Ásia.»

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s