«Influência Externa» – Brad Thor

PrintInfluência Externa, o mais recente thriller de Brad Thor, autor, por exemplo, de O Primeiro Mandamento e O Apóstolo, é mais um bom exemplo do que deve ser este tipo de romances. Tem ação, emoção, mistério  e uma história bem estruturada e montada assente em pressupostos que não parecem irrealistas ao leitor.
Mais uma vez, o autor fez bem o trabalho de casa e, dentro do que é possível face às regras deste tipo de obras, apresenta uma história credível onde o protagonista é de novo o agente secreto Scot Harvath – bem, há na verdade um pormenor pouco credível: todas as mulheres com que Scot se cruza, sejam elas do lado dos bons ou do lado dos maus, são invariavelmente belas, altas e bem torneadas.  Se este livro alguma vez chegar ao cinema, o James Bond que se cuide pois terá aqui um rival à altura. Já se perspetiva um Bond Girls vs Scot Girls.
Bem, mas deixando isso de lado, este é mais um livro altamente recomendado aos fãs da espionagem ficcionada. Não há inovações estilísticas ou surpresas que vão revolucionar o género, mas a nível  de enredo há muito para surpreender e cativar o leitor.
Scot, ex-SEAL que agora trabalha para uma agência que opera dissimuladamente para o Departamento de Estado norte-americano (efetua aqueles serviços menos «polidos»), continua a sua missão de identificar e eliminar os inimigos da América. Um ataque terrorista que mata diversos estudantes americanos em Roma é o ponto de partida de um plano que, ao que tudo indica, levará a ataques massivos destinados a minar e castigar o poderio americano.
Uma série de histórias cruzadas levam Scot a unir esforços com um dúbio e perigoso aliado do passado, mas objetivos comuns forjam uma inesperada aliança que resulta bem, tanto para eles, personagens, como para o leitor, pois acrescenta elementos capazes de prender a atenção. Equívocos, retrocessos e volte faces são obrigatórios neste tipo de livro, resta saber se são incluídos com mestria ou se fazem tudo parecer uma disparate. Em Influência Externa resulta, assim como a história paralela que vai cruzar-se com a de Scot, e que de um «mero» caso de polícia resulta numa conspiração de grandes dimensões, colocando meros polícias numa situação delicada às mãos de terroristas.
Este livro é puro entretenimento, não se espere mais do que isso, todavia, para quem isso é o apenas que interessa, trata-se de uma aposta certeira.

Sinopse: «Scot Harvath, antigo membro dos SEAL da Marinha dos Estados Unidos e agora agente secreto, é novamente chamado a uma missão num escaldante thriller político.
Dissimulada no orçamento das operações negras do Departamento da Defesa, foi criada uma nova agência de espionagem. A salvo da fiscalização de políticos e das suas próprias agendas, responde apenas a um painel secreto de membros internos. O seu trabalho consiste em identificar inimigos da América, tanto estrangeiros como domésticos, sob uma cartilha de três palavras: Descobrir, Dominar e Destruir.
Scot foi recrutado como agente de campo e acabou de regressar da sua primeira missão no estrangeiro quando um atentado em Roma mata um grupo de estudantes universitários americanos. Os indícios apontam para um perigoso colega do passado de Harvath e para a existência de um plano de mais ataques a uma escala inimaginável.
Harvath é encarregado de fazer sair esse conhecido do seu esconderijo e matá-lo de imediato. Mas uma dúvida persiste: e se ele tem o homem errado?
Simultaneamente, uma jovem mulher é vítima de um atropelamento e fuga por um táxi em Chicago. Com apenas duas testemunhas embriagadas e mais de cinco mil táxis na cidade, a polícia de Chicago desistiu da investigação. Mas, quando o advogado da família começa a investigar mais a fundo, descobre uma chocante ligação com o atentado em Roma e oplanos dos perpetradores para a América.
À medida que a história avança para a sua conclusão, as tramas vão-se intersetando numa corrida para prevenir um dos mais audaciosos e impensáveis atos de terror na história da humanidade.»

Autor: Brad Thor
Título original: Foreign Influence
Editora: Bertrand Editora
Tradução: Ester Cortegano
Ano de Edição: 2013
Páginas: 398

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s