Matéria-Prima aposta em histórias reais

A Matéria-Prima lançou recentemente mais duas obras de literatura, o romance autobiográfico O Último Dia de Um Amor Eterno, do norte-americano Francisco Goldman, e Alice: Lições de vida, fé e coragem da mais antiga sobrevivente do Holocausto, de Caroline Stoessinger. O primeiro ganhou o Prémio Femina 2011 para melhor romance estrangeiro. Quanto a Alice, Esther Mucznik, autora do prefacio, diz : «É uma história de resistência pela música e talvez mais ainda por um intenso amor à vida como apenas as pessoas que encararam morte de frente podem sentir.»

O Último Dia de Um Amor Eterno – Francisco Goldman
«
Francisco Goldman era um homem sem sorte no amor e avesso a compromissos: a escrita bastava-lhe para viver. Até conhecer Aura Estrada, uma belíssima mulher e brilhante estudante de literatura.
A paixão de Aura pela vida e pela literatura preencheram o vazio existente na vida de Francisco. Casaram no Verão de 2005, no México.
O arrebatamento com que ambos encaravam a vida e o gosto pelo inesperado faziam prever uma longa vida juntos. Mas, em 2007, a dois meses de completarem dois anos de casados, Aura morre de forma trágica.
Sentindo-se responsável pela morte da mulher e profundamente ferido pela sua perda, Francisco entra numa espiral autodestrutiva. Porém, depois de ter chegado a equacionar pôr fim à sua própria vida, percebeu que o mais importante seria honrar e perpetuar a memória de Aura.
O último dia de um amor eterno é a homenagem prestada à mulher amada, à brilhante estudante e escritora, a uma vida cheia de amor e partilha.
Entre a ficção e a realidade, Goldman recupera tudo o que o uniu a Aura, revisitando-a, descobrindo-a, mesmo depois da sua morte, num relato por vezes duro, por vezes triste, mas também divertido. O último dia de um amor eterno é, acima de tudo, um tributo e uma expiação da dor que surge quando se perde a amor de uma vida.

Alice: Lições de vida, fé e coragem da mais antiga sobrevivente do Holocausto – Caroline Stoessinger
«
Este livro relata a impressionante e inspiradora história da feroz determinação de uma mulher, Alice Herz-Sommer, actualmente a mais idosa sobrevivente do Holocausto.
Alice nasce em 1903, em Praga. Toda a sua infância e juventude são influenciadas pela riquíssima cultura de língua alemã e checa da Europa Central da época: Kafka, Max Brod, Stefan Zweig, Thomas Mann, Rilke ou Mahler fazem parte da sua vida. Influenciada pela mãe, inicia ainda criança a sua carreira de pianista e professora que a irá tornar famosa. Todos os seus sonhos foram cortados com o eclodir da Segunda Guerra Mundial. Alice vê-se num gueto com o seu filho e vive uma nova e dura realidade à qual, graças à música, consegue escapar.
Alice é uma história de amizade e optimismo, da importância de viver de uma forma simples e com esperança. É a história da música de uma vida em que não se desiste.»

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s