«A Sorte de Jim» marca início da publicação das obras de Kingsley Amis na Quetzal

A Quetzal lançou em Maio (mas vale sempre a pena divulgar) A Sorte de Jim, do britânico Kingsley Amis – Sim, o Amis é igual ao de Martin, que é seu filho. Este é o primeiro de vários livros do autor a ser publicado na Quetzal.

Sobre o livro: «James (Jim) Dixon é um jovem professor universitário de história medieval aborrecido com o seu trabalho e lutando por sobreviver a uma sociedade burguesa e provinciana. Nas várias frentes – superiores hierárquicos, colegas, alunos, namoradas – os equívocos, as maquinações, os mal-entendidos, os favoritismos (também exercidos por ele próprio) concorrem para o seu tormento. Jim fuma e bebe em demasia e dirige-se à desfilada para um ponto de rutura.
Jim terá a sorte de conseguir escapar às armadilhas das circunstâncias, libertar-se, sair por cima. Mas quão livre será o novo Jim?
Uma obra-prima sobre o homem em conflito com uma realidade ilegível, uma comunicação deteriorada por jogos, um ego imperscrutável, e uma sociedade repressiva.
Considerado por Christopher Hitchens o livro mais divertido da segunda metade do século XX e, por Toby Young, o melhor romance cómico do século XX, A Sorte de Jim é uma hilariante sátira da vida académica britânica e um marco na literatura do pós-guerra.»

Anúncios

One response to “«A Sorte de Jim» marca início da publicação das obras de Kingsley Amis na Quetzal

  1. Pingback: «A Informação», de Martin Amis, editado pela Quetzal | Porta-Livros

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s