«Apocalypse Baby», que deu o prémio Renaudot a Virginie Despentes, sai a 15 de Setembro

Apocalypse Baby, da francesa Virginie Despentes, romance vencedor do Prémio Renaudot 2010 e finalista dos Prémio Femina e Goncourt, será editado a 15 de Setembro pela Sextante. Segundo a editora, trata-se de uma “história viva, com muita acção e cheia de surpresas, sobre a busca, entre Paris e Barcelona, de uma adolescente problemática que se encontra desaparecida”. A autora, que já escreveu sete livros, já foi mulher-a-dias, prostituta em casas de massagens e peep shows, redactora em jornais de rock, crítica de filmes pornográficos e cineasta

 

Sinopse: «Inspirada pela leitura de Bolaño, Despentes escreve um policial em forma de road book entre Paris e Barcelona, em busca de Valentine, uma adolescente enigmática e difícil que está desaparecida. O retrato de diferentes estratos sociais – da burguesia do botox, culta e temerosa, aos radicais de esquerda e de direita, ao underground lésbico – cristaliza-se numa sátira social corrosiva, que no entanto não esconde a sua benevolência para com as personagens mais feridas e vulneráveis.»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.