Novo romance de Júlio Magalhães, «Por ti, Resistirei», tem por cenário a II Guerra Mundial

Júlio Magalhães não pára. Já tem mais um romance pronto, depois do sucesso de Os RetornadosUm Amor em Tempos de Guerra e Longe do Meu Coração. A nova obra do jornalista/escritor chama-se Por Ti Resistirei e, segundo a sua editora, a Esfera dos Livros, trata-se de “uma história de amor, de coragem e perseverança que tem como cenário a terrível e sangrenta Segunda Guerra Mundial”, decorrendo a acção em várias cidades europeias.

Sinopse: «Carlos e Nicole conheceram-se nas ruas de Paris. As tropas alemãs avançavam em passo forte e determinado, mas todos acreditavam que a capital francesa estava a salvo da loucura de Adolf Hitler. Enganavam-se. Em poucas semanas, as tropas nazis estavam às portas de Paris e milhares de refugiados procuravam salvação. Nicole encontrou-a em Bordéus pelas mãos do embaixador Aristides de Sousa Mendes que lhe entregou um visto para chegar até Portugal, onde finalmente cairia nos braços do seu amado. Longe da guerra, longe do perigo, longe do estigma de ser judia, seria finalmente feliz. Mas há preconceitos que são difíceis de quebrar e mais uma vez os dois amantes são obrigados a seguir caminhos diferentes. Carlos fica em Lisboa, entre os negócios do pai, um homem influente na sociedade salazarista e a doença da mãe. Nicole parte para Londres, uma cidade que vive dias dramáticos sob a ameaça de ser bombardeada pela aviação alemã. Participa no esforço de guerra da melhor forma que sabe, vestindo a farda de enfermeira, pondo em risco a sua vida para ajudar os outros. Na esperança de conseguir esquecer Carlos. Contudo no meio dos escombros da Segunda Guerra Mundial há um amor capaz de resistir a tudo.»

5 pensamentos sobre “Novo romance de Júlio Magalhães, «Por ti, Resistirei», tem por cenário a II Guerra Mundial

  1. storymanias

    (A propósito do novo livro de Julio Magalhães)
    Qual é a fixação dos jornalistas portugueses com os romances históricos em tempo de guerra?
    Parece que nos últimos anos eles sofrem do mesmo vicio de (con)firmação dos jornais que apresentam… é mais… do mesmo 😛
    A culpa (porque temos sempre de arranjar o culpado) é do M. Sousa Tavares que nos deixou de olhos colados ao “Equador” depois ao “Rio Das Flores” e desde então que o J R Santos não pára de escrever livros, o Julio Magalhães anda-lhe nos calcanhares. 🙂
    Pelo menos nós ficamos a saber mais sobre as guerras, já que não participamos em nenhuma delas, faz falta quem nos conte como foi! 😉

    Boas leituras!

    1. ruiazeredo

      Olá Storymanias
      (está na Suíça, certo?)
      a «culpa» será do Miguel Sousa Tavares ou dos leitores, que devoram este tipo de livros? 🙂
      Eles (escritores/jornalistas) limitam-se, com certeza, a seguir a onda, aproveitando-se (e bem) do facto de disporem de um estilo de escrita mais acessível (não o classifico como melhor ou pior) e de uma capacidade de investigação que se calhar outros autores não têm. E se vir bem, não serão caso único no mundo, calha é de em Portugal terem muito sucesso. Será uma tendência/moda como qualquer outra.
      Vá aparecendo para trocar ideias, é sempre bem-vinda 🙂
      Cumprimentos,
      Rui Azeredo

  2. Andreia Barreto

    Ola!

    Acabei de ler o ultimo livro do Julio Magalhaes e confeso que fiquei desiludida. Dos 3 livros que lancou este foi o que menos me cativou, as coisas aconteciam de seguida nao existiam momentos de suspanse e quando estes existiam, diga-se raras as vezes via-se que era prepositados, deixando o sentimento de suspanse de parte. Denotei tambem erros ortograficos ( cheio em vez de cheiro) e a nivel de virgulas. Espero que este problema seja resolvido na seguinte edição.

  3. Gabrielle

    Li ‘A Filha do Capitão’, do José Rodrigues dos Santos, romance em que a acção se passa na Primeira Guerra Mundial e devo confessar que gostei bastante. Surpreendeu-me. Não mais olhei para o JRS da mesma forma. Do Miguel aconselho O Rio das Flores.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.