“Planície de Espelhos” – Gabriel Magalhães

Gabriel Magalhães, que surpreendeu com Não Tenhas Medo do Escuro (obra com a qual conquistou o Prémio Revelação da Associação Portuguesa de Escritores), confirma as melhores expectativas com Planície de Espelhos, um romance inovador e, até, arrojado, capaz de surpreender o leitor tanto pela forma como pelo conteúdo.
O livro, editado pela Difel, também surpreende de uma outra forma, mas essa seria dispensável – quem vê a capa (pobre e “deslocada”), não imagina, de certeza, o que vem lá dentro. E o que vem lá dentro é bom; é uma história com fantasmas, mas, não no sentido tradicional do termo, já que não há aqui sustos e perseguições sobrenaturais. Há a visão de um fantasma que espoleta uma serie de sentimentos e acontecimentos, que permitem revelar e descobrir muito mais sobre a vida da protagonista, Marta, uma professora universitária numa viagem de carro da Covilhã ao Alentejo. É uma viagem ao eu interior de Marta, uma viagem que se acompanhamos com interesse pois na sua vida há com certeza muitos pontos em comum com a de qualquer leitor.
A escrita de Gabriel Magalhães é poética, mas não se assustem os leitores mais “preguiçosos”, não é nada difícil de entender e adequa-se bem ao tipo de livro que é.
O enredo, como já se disse, é bastante original, com a particularidade de o autor acabar por tornar-se protagonista para explicar como chegou à história que expõe. Parece estranho, sem dúvida, mas resulta bem, pois essa porção faz parte da história e está tudo muito bem explicado.
Os ambientes, tal como as personagens de Planície de Espelhos, estão bem descritos, (sem exageros) e revelam-se envolventes, além de que são apresentados uns bons retratos sociais, como o Porto do pós-25 de Abril ou ambiente universitário, que por certo o autor muito bem conhece, não lhe escapando até uma certa ironia no modo como aborda esse mundo.
Uma leitura recomendável para quem procura algo de novo, mas que não seja propriamente bizarro.

Anúncios

One thought on ““Planície de Espelhos” – Gabriel Magalhães

  1. Sara Bianca diz:

    Acabei ontem de ler este livro e achei um livro sem a menor sombra de duvidas, EXCELENTE.
    Confesso que até uma parte do livro me custou ler, demorei umas duas semanas e parei, não me estava a suscitar interesse, mas no sábado voltei a pegar nele, bem, DEVOREI o livro, nao conseguia parar de o ler, ficava até as 3h/4h da madrugada.. li-o em duas noites, AMEI (:

    este escritor está sem duvida de parabéns (:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s