Europa-América lança “No Tempo em que Outros Homens Viviam na Terra”

As Publicações Europa-América editaram em Dezembro No Tempo em que Outros Homens Viviam na Terra, obra assinada em parceria por Jean-Jacques Hublin e Bernard Seytre que apresenta novas perspectivas sobre as nossas origens. Jean-Jacques Hublin é considerado um dos melhores especialistas da evolução dos homens, enquanto Bernard Seytre é director da agência Dire la Science e jornalista científico, especializado no tema da evolução do Homem. 

Sobre o livro: «Geneticamente, o Homem é um símio à semelhança do chimpanzé e do gorila. Mas quais são as suas origens? Como e quantas espécies houve até que ele se tenha transformado em ser humano?
Este livro informa o leitor das últimas descobertas feitas neste domínio, já que mais de metade dos fósseis humanos que hoje conhecemos foram descobertos nos últimos vinte anos. Entretanto, surgiram novas técnicas que nos permitem analisar a estrutura molecular do esqueleto dos nossos ancestrais, descodificar os seus genes, reconstituir a sua dieta alimentar, de forma a compreender melhor a sua evolução cultural.
O leitor ficará a saber que estudamos os chimpanzés para compreender melhor os comportamentos dos primeiros homens, que a nossa evolução não é linear, já que é uma amálgama de espécies, marcada pela coexistência de diferentes linhagens e por inúmeras extinções, que foi na África que os nossos antepassados deram início à conquista de novas terras para povoar, que os neandertais e os homens de Cro-Magnon se encontraram, ou se defrontaram, algures entre o mar Negro e o oceano Atlântico, ou ainda que grande parte das doenças de que os homens sofrem nos dias de hoje podem ser explicadas à luz do seu passado de caçadores e de recolectores.
Uma leitura que mudará completamente a sua visão sobre as origens do Homem e o lugar que ele ocupou na Natureza.»

2 pensamentos sobre “Europa-América lança “No Tempo em que Outros Homens Viviam na Terra”

    1. Filomena Guerra

      Já dei uma vista de olhos ao livro e parece-me que a tradução evoluiu consideravelmente relativamente a outras obras. E nota-se em algumas obras da Europa América um maior cuidado na escolha dos tradutores.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.