“Breakfast at Tiffany’s (boneca de luxo)” – Truman Capote

DQ-Boneca_de_LuxoEis um bom exemplo de como poucas páginas (118 e em corpo grande) chegam e sobram para contar uma boa história. “Breakfast at Tiffany’s – Boneca de Luxo”, do norte-americano Truman Capote (um original de 1958 recentemente editado em Portugal pela Dom Quixote), é uma singela história de amizade entre um aspirante a escritor e uma estrela feminina que vive, quase inocentemente, num mundo de mentira e deslumbramento. É uma amizade possível, esta, entre dois vizinhos, porque ao escritor não interessa tudo aquilo que interessa a todos os outros homens que andam em redor de Holly Golighly, uma verdadeira boneca que não deixa indiferente aqueles com quem se cruza. Por isso mesmo, pelo manifesto desinteresse carnal que ele manifesta, Holly confia-lhe a sua amizade.
A acção decorre em Nova Iorque entre 1943 e 1944, cidade (ou pelo menos o bairro onde vivem os protagonistas) que Truman Capote descreve e recria com a extrema simplicidade e objectividade da sua escrita jornalística. Não há palavras a mais, nem descrições em excesso, mas não se trata de uma obra crua e seca, porque o que existe neste livro é moderação, o que não impede a composição de retratos coloridos e intensos de personagens e locais.
Holly é sem duvida o motor deste pequeno romance e é impossível ao leitor fugir ao seu encanto, mesmo tendo a noção de que lá no fundo a rapariga até nem é flor que se cheire – permanece sempre a dúvida sobre a localização da fronteira entre a sua ingenuidade e a sua intencionalidade em criar perante os homens que a assediam uma imagem que a envolva e esconda/proteja. E é precisamente com essa dúvida/diferença que Truman Capote joga para seduzir o leitor a não julgar a protagonista, “prefere” antes que a compreenda. Mas a história não vive só de Holly, pois há uma série de personagens cativantes e bem construídas que poderia servir para elaborar um retrato pormenorizado dos comportamentos e costumes masculinos.
O livro pode ser lido de uma assentada, vontade não faltará, haja disponibilidade de tempo por parte do leitor para o fazer. Não ficará a perder se o fizer, dada a intensidade e o ritmo da escrita da própria acção de“Breakfast at Tiffany’s – Boneca de Luxo”.

2 pensamentos sobre ““Breakfast at Tiffany’s (boneca de luxo)” – Truman Capote

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.