II Volume das Obras Completas de Urbano Tavares Rodrigues apresentado a 29 de Maio na Bulhosa de Entrecampos

DQ-Obras_Completas_UTR_Volume_IIO II Volume das Obras Completas de Urbano Tavares Rodrigues (uma edição da Dom Quixote) será apresentado a 29 de Maio (sexta-feira) pelas 18h30, na Livraria Bulhosa de Entrecampos, em Lisboa. O livro será apresentado por Manuel Gusmão, autor do prefácio da obra.
Este II Volume das Obras Completas de Urbano Tavares Rodrigues inclui “Uma Pedrada no Charco”, “As Aves da Madrugada”, “Bastardos do Sol” e “Nus e Suplicantes”, títulos que surgiram por esta ordem entre 1958 e 1960.
“Bastardos do Sol”, lançado em 1959, é na realidade o primeiro romance de Urbano Tavares Rodrigues, enquanto “As Aves da Madrugada” se trata de uma recolha de contos e novelas. “Uma Pedrado no Charco” e “Nus e Suplicantes” aglomeram mais novelas do escritor nascido em 1923. 
O prefácio de Manuel Gusmão, segundo a editora Dom Quixote, “desmonta todos os processos narrativos do autor de ‘Bastardos do Sol’ e ilumina os caminhos da solidariedade que tornam estes seus livros em comovedoras obras de resistência.”

dq-utr1Biografia disponibilizada pela Dom Quixote
Urbano Tavares Rodrigues não é apenas o grande escritor do Alentejo, das suas gentes e das suas paisagens, é também o romancista e contista de Lisboa e de outras atmosferas cosmopolitas que, como jornalista e professor universitário, bem conheceu, viajando por todo o mundo.
Catedrático jubilado da Faculdade de Letras de Lisboa, membro da Academia das Ciências (Secção de Letras), tem uma vasta obra literária e ensaística traduzida em inúmeros idiomas, do francês e do espanhol ao russo, ao grego, ao romeno, ao búlgaro, ao checo, ao alemão, ao inglês, ao catalão, ao ucraniano, ao croata, ao japonês, ao italiano, ao holandês e ao chinês.
Obteve diversos prémios, entre eles o de Vida Literária da Associação Portuguesa de Escritores, o Prémio Fernando Namora e o Ricardo Malheiros da Academia das Ciências.
De entre os seus maiores êxitos de crítica e de público, lembramos “A Noite Roxa”, “Bastardos do Sol”, “Os Insubmissos”, “Imitação da Felicidade”, “Fuga Imóvel”, “Violeta e a Noite”, “O Supremo Interdito”, “Nunca Diremos Quem Sois”, “A Estação Dourada”, “O Eterno Efémero”, “Ao Contrário das Ondas”, “Os Cadernos Secretos do Prior do Crato”. “A Última Colina”, livro de contos, é a sua mais recente obra.
Urbano Tavares Rodrigues, que foi afastado do ensino universitário durante a ditadura de Salazar e Caetano, participou activamente na resistência e foi preso e encarcerado várias vezes nos anos 60.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.