“Quando Estiveres Triste, Sonha”, de Elizabeth Berg, entre as novidades de Março da Bertrand

quando1duende1A Bertrand lançou em Março três novas obras de literatura estrangeira: “Duende – O Espírito do Viajante”, de Jason Webster, “Quando Estiveres Triste, Sonha”, de  Elizabeth Berg, e “O Miúdo – Uma biografia devastadora”, de Kevin Lewis.

“Duende – O Espírito do Viajante”, livro de estreia de Jason Webster, parece-se com um romance, mas na verdade não o é, já que tudo o que vem dentro é real, à excepção dos nomes das pessoas citadas, alterados para proteger as respectivas identidades. Jason Webster conta como e por que trocou a possibilidade de uma bela carreira académica em Oxford por uma viagem ao submundo cigano de Espanha, desesperado por encontrar algo que ele nem sequer sabia o que era, mas que tinha um nome: duende. Para uns, duende é uma sensação inebriante de vitalidade trazida pelo ritmo da música. Para outros, pode ser um transe ou até a morte.

Apaixonado pela tradição cigana espanhola e pelos segredos, cores e sabores da Andaluzia, Webster parte à procura das origens do flamenco e de si mesmo. E encontra uma cultura bem mais profunda e dramática do que aquela que seduz turistas de todo o mundo. “Duende – O Espírito do Viajante” é em simultâneo um livro de viagens e um livro de memórias fascinante, que recupera a história do autor e da cultura espanhola.

“Quando Estiveres Triste, Sonha” é assumidamente um romance, assinado por uma das maiores escritoras femininas da actualidade, Elizabeth Berg, autora de “Segredo de Família”. Nesta obra optou por escrever sobre as mulheres que muito fizeram para apoiar os soldados que partiam para a Segunda Guerra Mundial. Assim, descreve os pequenos detalhes da vida e o quotidiano de mulheres com vidas normais neste conturbado período, num romance sobre o poder do amor e a força duradoura da família.

Kitty e Louise Heaney despedem-se dos respectivos namorados, Julian e Michael, que vão combater na Segunda Guerra Mundial. As irmãs Heaney sentam-se à mesa da cozinha, todas as noites, para escrever cartas: Louise, ao noivo; Kitty, ao homem de quem anseia ardentemente receber um pedido de casamento; e a terceira, Tish Heaney, a um grupo de homens, sempre diferente, que ela vai conhecendo nos bailes da United Service Organization.

Nas cartas que as irmãs enviam e recebem, há imagens fugazes e íntimas da vida, tanto na frente de batalha, como em casa.

Em “O Miúdo – Uma biografia devastadora”, o autor, Kevin Lewis, fala da sua vida pessoal, nomeadamente de um uma infância destituída de oportunidades. Cresceu num bairro social do Sul de Londres, onde reinava a pobreza, foi maltratado pelos pais, passou fome, foi ignorado pela segurança social e agredido na escola. Depois de ter passado por várias famílias de acolhimento, e apesar dos seus esforços, a sua vida entrou numa espiral indomável. Aos 17 anos, mergulhou no submundo do crime londrino, onde ficou conhecido como “O Miúdo”. Da violenta fúria desencadeada pelos pais aos perpétuos tormentos sofridos na escola; da maneira como lidou com a rejeição por parte das pessoas em quem confiou aos problemas de bulimia e à contemplação do suicídio, Kevin conta-nos como conseguiu ultrapassar todas as dificuldades e construir uma vida melhor.

Anúncios

One response to ““Quando Estiveres Triste, Sonha”, de Elizabeth Berg, entre as novidades de Março da Bertrand

  1. estou a ler o de elizabeth berg mas quero mt ler o duende tb 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s