“O Inquilino” – Javier Cercas

inquilino2O espanhol Javier Cercas tornou-se conhecido em Portugal (e não só) com “Soldados de Salamina”, mas há muito mais na sua obra a merecer atenção.
A ASA recuperou o pequeno romance “O Inquilino”, um original de 1989. Escrito quando Cercas tinha apenas 27 anos, “O Inquilino” é uma história que lentamente (tanto quanto é possível num livro de 120 páginas) prende o leitor, que acompanha a sucessão de infortúnios que acontecem ao professor de Fonologia Daniel Berkowicz a partir do momento em que passa a ter um novo vizinho. Esse vizinho é um outro professor – colega mas concorrente –, Mario Rota, que lentamente parece começar a apoderar-se de tudo o que faz parte da vida de Daniel, desde pessoas, a móveis, objectos, espaços, afectos, etc…
Na sua espiral de azar, Daniel Berkowicz vê o chão a escorregar-lhe por baixo dos pés por em determinadas alturas não ter tomado as decisões que se impunham – bastava ter tido um pouco mais de coragem. Enredado numa teia que o próprio teceu, Daniel vê-se num beco sem saída até que “O Inquilino”, que imprime um ritmo cada vez mais intenso a cada página virada, proporciona um final surpreendente que chega ao nível do fantástico, embora sem chocar com o realismo até aí patente.
Bem escrito, com uma linguagem simples e capaz de prender o leitor, “O Inquilino” é uma agradável surpresa, nomeadamente por se deixar encaminhar por vias pouco habituais sem que por isso perca qualquer tipo de credibilidade.
Trata-se, no fundo, de um romance sobre pessoas simples, os seus medos e os seus erros, dando uma lição de vida sem precisar de entrar em choradinhos ou lamechices.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.